fbpx

Importância de trocar a escova de dentes com frequência

Conheça os principais motivos para substituir a escova de dentes regularmente e descubra como cuidar melhor da sua saúde bucal!

 

Palavra-chave: troca de escova de dentes

O cuidado com os dentes é fundamental para a saúde, não apenas para exibir um sorriso saudável, mas, principalmente, porque muito além da famigerada cárie, diversas doenças começam pela boca, inclusive o câncer.

Estar atento e fazer uma correta higiene bucal pode evitar a manifestação delas e de bactérias que podem proliferar por todo organismo. 

Ainda assim, é importante reforçar que não basta apenas realizar uma boa escovação. É necessário que a mesma escova não seja utilizada por muito tempo. 

Quer entender como identificar o momento de trocar? Não deixe de ler as dicas a seguir!

1. Atenção para a escovação correta

O primeiro passo para os cuidados com a saúde bucal vão muito além de uma simples escovação. É preciso fazer isso da maneira certa, com a escova adequada, seja ela dura, macia ou super macia, e não esquecer que até mesmo a alimentação influencia na saúde dos dentes

Por isso, recomenda-se escovar os dentes sempre após cada refeição, antes de dormir, e evitar alimentos com muito açúcar. Simples, não é? Não há nenhum mistério! Manter essa rotina saudável já é uma forma de prevenção contra doenças. 

2. Perigos escondidos na escova de dentes

Quando não cuidadas e limpas corretamente, as escovas passam de aliadas a vilãs da saúde. Guardadas na pia do banheiro ou em uma gaveta, o fato é que elas podem ser contaminadas, tornando-se um fator de risco para a saúde de forma geral. 

Como a contaminação das cerdas normalmente é invisível aos olhos, vale se atentar aos perigos escondidos nas escovas. Quase ninguém se dá conta de que o banheiro, apesar de ser destinado à higiene pessoal, também pode ser um lugar contaminado

Os vasos sanitários liberam gotículas que podem permanecer por horas e acabar se instalando nas cerdas da escova. Além disso, a passagem de insetos no ambiente também pode ser um fator de alerta, e, por isso, é importante manter o ambiente sempre limpo.

A higiene oral é um hábito individual e ‘juntar as escovas’ é uma expressão que deve ser levada apenas no sentido lúdico. É importante que as escovas nunca sejam compartilhadas. Nem mesmo os recipientes utilizados para guardá-las não devem ser divididos. Isso evita a contaminação cruzada, que leva bactérias invasoras de uma pessoa para outra e pode causar sérios problemas. 

Outro ponto para prestar atenção é o formato da escova. Quanto menos curvas e cantos ela tiver, mais difícil será a proliferação de bactérias. A escova reta, sem muitos detalhes, é muito mais fácil de lavar e não acumular sujeira. 

3. Consequências do uso de uma escova velha

Mesmo assim, de nada isso tudo irá adiantar se a escova não for trocada com a frequência necessária. Depois de um certo tempo, quando já velhas, elas perdem sua eficácia

Como em todo o corpo humano, a boca naturalmente já possui muitas bactérias, e quando a escova está muito velha, ela também as acumula. Como costuma estar sempre úmida, acaba se tornando um parque de diversões para esses organismos invasores, e a multiplicação deles causa consequências que merecem atenção

Além de perder a capacidade de higienizar a boca, uma escova velha aumenta a chance de desenvolvimento de problemas bucais. Isso porque as cerdas desgastadas limpam muito menos, e assim não conseguem remover a placa bacteriana. A consequência disso é a causa de vários problemas, que podem levar até mesmo a perda dos dentes.  

4. Dicas para higienizar a escova antes de trocar

Apesar de ser necessário trocar regularmente, durante o período de uso a escova pode ser higienizada após a escovação, e não apenas com água. Os profissionais indicam uma solução de vinagre e bicarbonato de sódio para limpar e eliminar possíveis agentes infecciosos. Depois disso, para retirar a solução, é preciso deixá-la em um recipiente com água fervente por um tempo. 

Esse é um método eficaz para a higienização da escova, mas é importante estar atento ao momento de comprar uma escova nova, como será explicado a seguir.

5. Como identificar o momento de ter uma escova nova

Parece óbvio, mas é totalmente perceptível quando está na hora de trocar de escova de dente. Deve-se comprar uma nova quando ela estiver com as cerdas estragadas, se o aspecto já não for bom, e, se prestar bem atenção, ela não conseguirá mais limpar perfeitamente os dentes. Para identificar isso, basta passar a língua pelos dentes e sentir se está áspero.

Na correria, é comum esquecer de trocar a escova e usá-la até precisar dela para limpar um sapato… Se precisar de um incentivo para trocar, é o momento de pensar naqueles milhões de fungos e germes fazendo festa e se proliferando na sua boca. Assim vai ficar fácil aposentar a escova já pré-histórica.

6. Quando se deve trocar a escova de dentes

Por incrível que pareça, algumas pessoas usam a mesma escova por mais de um ano. Apesar dessa informação ser assustadora, acontece que dependendo da forma de escovação, nem sempre a escova fica com aspecto ruim, e isso dificulta a identificação da hora de troca. Portanto, para quem só troca de escova quando precisa dela para limpar a churrasqueira, é necessário ter atenção às dicas

Os Dentistas recomendam que a cada dois ou três meses, ou, quando as cerdas estiverem gastas, a escova seja substituída por uma nova para garantir a higiene da boca.

7. Visitar o Dentista regularmente

Além das doenças comuns como cárie e gengivite, de acordo com o Ministério da Saúde, a prevenção do câncer de boca também começa pelo Dentista.

Visite-o regularmente! Além de cuidar do sorriso, o Dentista trata quaisquer problemas dentais, orienta e auxilia na prevenção das doenças bucais. Ele é o profissional que ensina como melhorar a escovação e que indica a melhor escova para esse processo – geralmente, a escova de dentes Curaprox, que possui 5460 cerdas, quase sete vezes mais que as escovas comuns. 

Escovar os dentes é um exercício que deve ser treinado a vida inteira. A escova é a melhor amiga da higiene bucal, e para que ela continue cumprindo sua tarefa e cuidando dos sorrisos, a troca regular é primordial.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019 BRUSHCLUB - CLUBE DE ASSINATURAS LTDA | CNPJ 31.691.994/0001-63
Rod. José Carlos Daux, 5500 | Loja 12A Bloco Campeche | Florianópolis/SC - CEP 88032-005

WhatsApp chat